30.8.16

Resenha #4 - Ventania



No final do mês de maio comecei a cursar Engenharia da Computação na UFPA, e devo relatar que estou muito apaixonado pelo curso, e não quero pegar DP, o que tira quase todo meu tempo de escrever e ler, mas vale a pena esse sacrifício.

Um dos novos amiguinhos de faculdade me indicou um livro que não vou mentir, eu estava com repulsa de ler. Este livro é Ventania de Alcione Araújo.

Cotidiano
Bem, confesso que no inicio esse livro é bem devagar, o que pode repelir muita gente, no inicio não passa de um slice of life, onde a trama apenas esta começando. É mostrado e definido quem serão os personagens principais: Lorena, Zejosé e Delfos.
Inicialmente apenas é mostrada a relação entre eles, e o motivo desse encontro. Temos a descrição do lugar onde se passa a historia, e sim, você vai se sentir dentro de Ventania, é um dos pontos fortes do livro, a ambientação perfeita.

Narração envolvente 
Algo que percebi no meio de uma conversa com o amigo que me indicou o livro, esse livro é uma retratação e critica pura aos "meninos de rua" do nosso Brasil, e a modelização de como a sociedade os trata.
Eu cresci em dos bairros mais periféricos da minha cidade natal, e acompanhei de perto os que escolheram um bom e um mal caminho e como as pessoas ao redor tratavam cada um. E também percebi as formações de bandos, assim como no livro.
Esse livro me trouxe uma especie de nostalgia dessa época, e pude entender o ponto de vista da autora. O que me deixa mais intrigado é que é tudo jogado de forma natural, uma narrativa sem explosões, sem anomalias, tudo acontece naturalmente, tudo narrado por Delfos.

Personagens
Zejosé é o principal dos principais, se é que podemos chamar assim, o garoto tem uma carga pesada a levar. Confesso tinha uma repulsa enorme por ele no inicio, por parecer alguém birrento, imaturo e que não sabe definir o que é bom ou ruim para ele, e quando se juntava ao "bando" tornava-se um paspalho que recebia ordens e não pensava nas consequências de cumpri-las. Mas ao longo de todo o livro, ele amadurece. No fim, continuei achando ele um chato, mas alguém suportável.
Lorena é uma moça que veio da capital, bem educada e delicada. Acaba descobrindo que não conhece a si mesmo, é impulsiva e tenta controlar suas emoções ao máximo, mas quando explode temos as cenas mais lindas do livro.
Delfos é um carinha importante na cidade de Ventania, e não posso revelar aqui o porquê, perderia um pouco da magia por trás desse personagem que passei a admirar muito, ele é o nosso querido narrador da historia, o que permite que tenhamos o mesmo ponto de vista dele pra varias situações, mas no fundo mesmo, Delfos é uma boa pessoa que procura um lugar para descansar o coração (ele merece).

Conclusão
Super recomendo este livro, é uma obra perfeita, do inicio ao fim, e o final? Ah, o final é surpreendente e vai deixar muita água na boca. Devo alertar que se você não tem paciencia para desenvolvimentos lentos, passe longe dessa obra.


Editora: Record
Páginas: 322
Ano: 2011

P.S: Li no Kindle.